• (11) 98202-2002 - Fale com o Diretor Comercial

MEDO E FÉ SÃO A MESMA COISA

10 Acelerador de Resultados – Como pensam as mentes de sucesso https://www.youtube.com/watch?v=LOoPYFm9Qk0&t=81s

Eu te convidei para ter acesso a este conteúdo com a genuína intenção de te dar os recursos necessários para entender o que é “medo” e usar esta informação para ir para um próximo nível, aquele que você nunca foi por ter medo e por te faltar o elemento mais poderoso do universo.

O medo, nada mais é do que a antecipação de coisas que se quer aconteceram. É sem dúvida uma das forças mais destrutivas e poderosas que conhecemos. No entanto, se você parar para avaliar o medo, ele nada mais é do que o oposto de fé, porque a fé, nada mais é do que a antecipação de coisas que se quer aconteceram.

Mais a pergunta que te faço é: O que nos faz escolher entre medo e fé? Por que a maioria das pessoas se paralisa diante do medo ao invés de se inspirarem com as possibilidades da fé? Existe de fato a barreira do terror (desesperação) que nos impede de ir em frente? E qual a força propulsora da fé, a alavanca que nos leva a um próximo nível?

Bem, eu quero usar aqui algumas descobertas científicas que vão te ajudar a compreender e a entender como usar o poder do medo e o poder da fé a seu favor, pois ambas, mesmo em polaridades diferentes tem grande e igual poder.

As pessoas tem medo porque o medo vem do desconhecido na maioria das vezes ou do conhecido quando tivemos uma experiência com algo. Se você prender a pata de um elefante quando bebê e ele tentar sair e não conseguir… Quando ele cresce ele não tenta mais sair, pois a sua experiência conhecida por ele diz que não é possível. E foi assim que muitos circos mantiveram elefantes cativos.

Eu me lembro de ter tido uma informação sobre fechamento de empresas. Uma pessoa que eu confiava muito me disse que era muito caro fechar uma empresa. Essa informação me fez manter uma empresa aberta por anos mesmo quando eu tendo muito dinheiro, porque na época que recebi a informação eu não tinha dinheiro e isso me causou uma impressão emocional que me impediu de agir, fiz a escolha errada de não agir. Por outro lado, existem medos que são apenas ilusões de terror causadas pelo desconhecido, pelo novo.

Funciona mais ou menos assim: Você guarda uma programação para a sua vida no que podemos chamar de memória de longo prazo e todas as vezes que você recebe um estímulo, ou seja, todas as vezes que uma coisa acontece, você segue um ritual explicado pela neurociência que é o seguinte: Primeiro você consulta a memória de curto prazo que vai dizer o que está acontecendo naquele momento, depois você consulta o contador que vai avaliar se o que está acontecendo é uma coisa boa ou se tem algum risco e daí você consulta o investigador que vai avaliar se há conflitos de interesse e se existem experiências passadas com esta situação.

O fato é que, existe uma programação dentro de você e ela é real. E, também é fato que esta programação funciona no piloto automático e que, ao tentar reprogramar esse sistema cibernético sua mente vai acionar os sistemas de segurança. Os sistemas de segurança existem para manter você vivo e eles entendem que manter vivo significa seguir a programação já feita e negar qualquer coisa nova. O sistema de segurança é tão bem elaborado que ele te causa a impressão de que existem mudanças ocorrendo ao avançar a idade, a aparência de mais velho, os cabelos brancos.

De fato, há mudanças que acontecem porque o sistema de segurança só permite você avançar em pequenos ajustes se houver uma semelhança bem próxima com a ideia anterior ou se não causar qualquer risco de sair da zona de conforto. Um exemplo muito interessante é quando você vai comer sushi pela primeira vez. Primeiro você imagina ser horrível, mas fica confuso porque outras pessoas dizem que é bom, então sua mente te permite experimentar pois isso será apenas mais uma opção de cardápio. No entanto, existem outras mudanças que exigem abrir mão de muitos hábitos e quando isso acontece o processo de rejeição é infinitamente mais complexo e pode nunca acontecer ou demorar anos.

Talvez você esteja chegando a conclusão do porque as pessoas demorarem 20, 30 e até 40 anos para terem algum resultado. Agora que você já sabe disso você pode compreender perfeitamente porque isso acontece com as pessoas a sua volta, inclusive você. Existem muitas outras explicações para o medo e uma delas é que as pessoas não tem medo da exposição, elas têm medo das consequências da exposição. Mas, de verdade, essas explicações não tem a menor importância se elas não souberem como bloquear o medo impedindo que ele as paralise. E justamente sobre isso que eu quero chamar a sua atenção.

A proposta deste conteúdo é muito objetiva e clara. Primeiro você vai entender que você não é sua mente. Sua mente é apenas um instrumento, um sistema cibernético com recursos poderosos que podem ser usados por você sempre que você desejar. E em seguida, você deve aprender a invadir o sistema de segurança do seu cérebro e se posicionar no comando central.

E sabe o que eu acho graça em tudo isso o que eu disse, é que quando o assunto é a sua mente, você literalmente trava uma batalha entre o que você quer que ele faça e o que ele quer fazer. Então, porque não usar de táticas e estratégias para se posicionar no poder, na liderança da sua vida?

Um outro detalhe de extrema importância é que a invasão a sua mente pode ser silenciosa, sem mortos e feridos. Literalmente o que você vai fazer é ressignificar paradigmas o que significa aprender a ver as coisas por uma outra perspectiva e tornar essa nova perspectiva uma verdade.

Então, você usará um gatilho que abre as portas para a imaginação… Você vai começar dizendo “e se fosse possível”, vai inserir uma imaginação do que deseja e vai brincar de estar lá. Essa é a primeira porta de entrada e a segunda porta de entrada é exercitar a repetição quantas vezes for possível até que isso se torne familiar para sua mente. Agora que já entendeu como isso funciona… Vamos invadir os sistemas de segurança criando simuladores.

Escolha uma situação terrível, recrie a situação em sua mente como se ela estivesse acontecendo novamente. Faça isso como se você pudesse observar tudo como um expectador. Já que isto é apenas um simulador, é hora de recriar a situação, só que desta vez você vai fazer novas escolhas para que os resultados sejam diferentes.

O   processo    deve    ser feito   nessa   ordem   para    que você    possa   invadir silenciosamente o   sistema de  segurança   do  seu cérebro.    A   terceira    fase    é   simular algo    que você    quer    fazer,  mas tem medo.       Simule, sinta   o   medo,   identifique e   avalie  as  crenças que te  levam   ao  medo,   conscientize-se de  que é   apenas  uma simulação   e   que você    pode    brincar.    Agora   recrie  a   situação    como    se  tudo    estivesse   dando   certo   e   que todos   os  seus    medos   nunca   aconteceram.    

O que nós estamos fazendo na verdade, é criando simuladores em ambientes seguros para que sua mente se familiarize com a ideia e possa aceitar com maior facilidade. Dessa forma você está treinando sua mente a agir com fé ao invés de deixar de agir por medo.

Aqui é Elis Ferraz e eu estou aqui para te levar ao próximo nível colocando energia certa no lugar exato te presenteando com a transformação que fica!

Elis Ferraz é uma entusiasta, venceu um câncer descobrindo a cura de dentro pra fora. Mentora de diversos empresários, pessoas bem sucedidas e autora do Livro ENERGIA CERTA NO LUGAR EXATO – A Transformação Fica! Uma estudiosa de neurociência e ciência quântica, especialista na área comercial ajudando centenas de empresas a dobrarem seu faturamento. Ela afirma que “pessoas são deuses em potencial com o poder de criar seu próprio mundo”. Elis Ferraz é a MULHER que te leva ao PRÓXIMO NÍVEL colocando energia certa no lugar exato lhe presenteando com a transformação que fica!

© 2018 Direitos Reservados

Fechar Menu